Pesquisar

Carregando...

Para o Natal!

segunda-feira, 8 de agosto de 2011

João e o Pé de Feijão


Há muitas historias do tal João antigamente, que foram publicadas como o Ciclo de João em 1807, mas a historia do pé de feijão se tornou a mais popular até hoje.


Um exemplo de outra historia do personagem se chama João e suas pechinchas, onde vai vender vacas da família por dinheiro, e as troca por itens mágicos como um bastão mágico e um violino com o poder de seduzir as mulheres das vilas para poder se casar e ter vários ‘’cestos cheios de crianças’’.

Na historia do pé de feijão, João vende a ultima vaca da família em troca de três sementes mágicas, chegando em casa sua mãe joga-as fora, mas no outro dia, germinam um pé de feijão enorme, que sobe até as nuvens. João sobe o enorme pé de feijão e chega a um lugar estranho acima das nuvens, onde existe um castelo com um Ogro e sua esposa.

João faz três viagens, cada uma delas roubando alguma coisa do Ogro, na primeira, rouba um saco de moedas de ouro, na segunda uma galinha que põe ovos de ouro e na terceira uma harpa mágica, mas também é ajudado pela mulher do Ogro, que se da bem com ele.
Como João consegue escapar, a harpa mágica ganha vida e começa a gritar por ajuda, assim o Ogro escuta e corre para pegá-la de volta, mas João desce do pé e com ajuda de sua mãe, corta o pé de feijão com um machado. O Ogro morre na queda, e João escapa e consegue ter um final feliz.

Porem esta historia é cheia de controvérsias, pois o verdadeiro vilão é João, que todos pensavam que fosse um herói, por perturbar e furtar o tesouro de um ogro, que em outras versões é um gigante.

Moral da historia: Cresça e amadureça. Você deve ser capaz de ser independente e viver sozinho para sustentar uma família. A morte do gigante, destruindo o pé de feijão é uma representação bem fálica da necessidade de superar a influência do sexo masculino, assumindo o controle da própria vida e rejeitando a superstição e a magia.


2 comentários:

  1. Está certo que a família passava necessidade, mas não justifica o pequeno meliante invadir o castelo do gigante (ogro é coisa para Thor, da Marvel) e roubar um monte de coisas. No final, ainda assassina o pobre gigante. E como essa mulher retardada aguentava esse cara, hein? Nem entrava... rsrsrs

    William Gigante

    ResponderExcluir
  2. Voo Copiar essa Historia pro meu Trabalho de HISTORIA..

    ResponderExcluir